Cachorro inquieto à noite? Veja 5 razões pelas quais isso acontece


cachorro inquieto à noite

Cachorro inquieto à noite? Saiba que este é um problema comum, ocorre principalmente de acordo com a idade do cão, mas também pode ser explicado por outros motivos.

Aqui estão os cinco principais motivos pelos quais seu cão fica inquieto à noite e dicas para ajudá-lo a se acalmar e dormir melhor.

Cachorro inquieto à noite, veja os 5 motivos

1. Problemas de saúde

Você notou algum comportamento estranho noseu cão? Seu ele anda um pouco triste, com comportamento que não tinham antes ou bebe água e come menos do que o normal? 

Seu melhor amigo pode estar com algum problema.

O que fazer:

Se você não tiver certeza do motivo da inquietação de seu cão durante a noite, é sempre bom levá-lo ao veterinário para verificar se não há nenhum problema de saúde. 

Uma vez que os motivos de saúde tenham sido descartados, considere quais mudanças fazer em sua rotina para ajudá-lo a se acalmar.

2. Solidão

Se o seu cão ainda for um filhote, ele pode sentir falta da mãe e irmãos e, portanto, ainda precisa aprender a ficar sozinho, especialmente à noite. 

O mesmo pode acontecer com um cão um pouco mais velho, que sente falta de algo ou alguém.

O que fazer:

É importante desenvolver uma rotina noturna para seu filhote assim que ele chegar em sua nova casa. 

Certifique-se de que ele tem seu próprio canto, se tiver algum pano ou objeto que tenha o cheiro de sua mãe, para colocar na sua cama, isso vai ajudá-lo a se acalmar.

Leve-o para uma caminhada antes de dormir e certifique-se de que ele faça uma pausa para ir ao banheiro antes de dormir. 

A rotina é a chave de tudo.

Um cão um pouco mais velho pode ter tido outros cães no passado, então agora, na nova casa, ele sofre de solidão e falta dos seus amigos.

Pode levar algumas semanas para um cão adotado se acostumar com um novo ambiente, então seja paciente e estabeleça uma rotina de ações diárias com muito amor e atenção para seu novo amigo.

Se o cachorro estiver inquieto à noite, coloque-o numa cama confortável cheia de brinquedos e guloseimas e, como um filhote, vá acostumando-o gradualmente a ficar sozinho.

3. Ansiedade

Há muitas coisas que podem deixar um cão inquieto à noite. Pense, por exemplo, se houve mudanças na casa…

Chegou um bebê? 

Você deixou o cachorro sozinho por mais tempo do que o normal? 

Tem algum ruído alto repentino nas redondezas? 

Você se mudou recentemente?

Um fato novo, e que o seu cão não está habituado pode, portanto, deixá-lo ansioso e desencadear a sua inquietação noturna.

O que fazer:

Se possível, identifique a origem do problema e faça algo para removê-lo ou para ajudar seu cachorro a aceitá-lo.

Se chegou um bebê em casa, é importante prepará-lo com antecedência para os novos cheiros e ruídos, para evitar que ele desenvolva ciúmes e ansiedade mais tarde. 

Um recém-nascido chorando à noite pode, na verdade, fazer o cão se sentir desconfortável e agitado, ou ele pode estar com um pouco de ciúme porque não recebe a mesma atenção de antes.

Portanto, certifique-se de que sua rotina seja mantida e continue a tranquilizá-lo quando ele acordar durante a noite.

Se seus hábitos de trabalho mudaram e seu cão fica sozinho por mais tempo, ele pode se sentir confuso e ansioso por você passar menos tempo dentro de casa e essa agitação pode continuar durante a noite.

As mudanças de hábitos causadas pela pandemia mudou a rotina nos últimos tempos, e o que era bom, por ter você mais tempo por perto, agora gera desconforto por causa da separação. 

E isso os confunde.

Mas não é somente a pandemia, qualquer mudança de hábitos na sua vida pode desencadear esse tipo de reação.

Restaurar uma rotina ajudará seu amigo a se ajustar a eventos imprevistos que podem ocorrer na vida.

4. Pouco exercício

O que todos os cães têm em comum é que adoram caminhar!

Algumas raças requerem mais exercícios do que outras, mas uma boa caminhada os ajuda a manter a forma física e mental.

Quando os cães não fazem exercícios suficientes, eles ficam inquietos e ganham peso, o que com o tempo pode levar a problemas nas articulações, latidos excessivos, mudanças na sociabilidade – tudo isso resulta em inquietação à noite.

O que fazer :

Estabeleça uma boa rotina para garantir que seu amigo faça a quantidade certa de exercícios. 

Além de caminhar, brincadeiras como pegar uma bola ou frisbee, cabo de guerra ou estimulação mental por meio de um brinquedo vai ajudar.

Você pode descobrir que socializar e perseguir outros cães em um passeio noturno será o suficiente para seu amigo descansar em paz. 

Deixá-lo cansado o ajudará a ter uma boa noite de sono!

5. Crescer

Assim como os humanos, os cães também experimentam algumas mudanças psicológicas à medida que envelhecem. 

Eles podem engordar, sua visão fica pior, podem sofrer de problemas nas articulações e querem dormir mais durante o dia.

Em particular, a dor nas articulações impede o cão de dormir na mesma posição a noite toda, por isso ele pode começar a se mover pela casa em busca de alívio.

O que fazer:

Caminhadas mais curtas e frequentes manterão seu peso sob controle. 

Você pode precisar manter seu cão na coleira para ajudá-lo a se sentir mais confiante, especialmente se sua visão estiver ruim. 

Se o seu cão fica inquieto à noite, uma curta caminhada antes de dormir o ajudará a se acalmar.

Em caso de problemas nas articulações também é importante visitar o veterinário, que poderá mostrar-lhe como aliviar a dor do seu amigo e o que fazer para o ajudar a ficar mais calmo e confortável.

Mas conta para nós, essas dicas te ajudaram a identificar o que pode estar acontecendo?

A sua experiência vai ajudar outro leitores, então posta abaixo:

Pode te interessar:

Como fazer meu cachorro parar de latir?

Como adestrar cão adulto? Veja esses 8 segredos essenciais

Como Treinar Cachorro Filhote: 6 Dicas Essenciais Para Se Tornar Um Mestre