Quando NÃO dar um cachorro de presente surpresa no Natal


cachorro de presente surpresa

Será que dar um cachorro de presente surpresa é uma boa ideia?

Quem não gosta de ter sempre um amigo fiel cheio de carinho para dar, não é mesmo?

Mas todos esses benefícios vêm com muita responsabilidade e nem sempre a pessoa terá tempo para esses cuidados que qualquer animal de estimação precisa.

Quando não dar um cachorro de presente surpresa no Natal

Será que é uma boa ideia dar um cachorro de presente de Natal?

Certamente é melhor evitar dar um cachorro no Natal se o presente for feito apenas para agradar a alguém que não tem plena consciência do que significa adotar um animal.

Como uma criança, por exemplo.

Ou apenas para satisfazer a sua vontade, sem levar em consideração a opinião e disponibilidade da pessoa de ter essa responsabilidade.

Afinal um animal de estimação não é um brinquedo para dar no Natal, mas sim um ser vivo cheio de necessidades e vontades.

Um ponto de extrema importância, antes de dar um cachorro de presente é verificar se a pessoa que vai ser presenteada não tem algum tipo de alergia a cachorro.

Além disso, dar um cachorrinho seria uma má ideia se o tempo disponível para cuidar dele seja curto, causando mais problemas do que prazeres.

Os animais podem adoecer, precisam ser alimentados, de exercício físico através de caminhadas e cuidados médicos. 

Portanto, quem trabalha o dia todo e já faz muitos sacrifícios não é o candidato ideal para ganhar um cachorro de presente de natal.

Além da disponibilidade e tempo, a pessoa também precisa de espaço, afinal compartilhar um pequeno apartamento com um cachorro pode ser difícil, mesmo ele sendo uma raça pequena.

Bom, esses são apenas alguns pontos, mas a mensagem principal é analisar bem se essa vai ser uma boa ideia, para não causar mais constrangimento do que felicidade a uma pessoa querida.

E então, tem alguma experiência ou dica para compartilhar conosco?

Conta para nós nos comentários.

Pode te interessar:

5/5 - (1 vote)