Será que o gato se olhando no espelho consegue se reconhecer? Veja


gato no espelho

Um gatinho em frente ao espelho pode ter reações bem divertidas, mas será que o gato se olhando no espelho consegue reconhecer o seu próprio reflexo?

Você certamente já observou, mais de uma vez, a reação que o seu gato tem ao passar na frente de um espelho. 

Tem gatos que saltam e ficam com medo, outros que começam a brincar com o seu reflexo e tem outros que ficam com medo ou intrigados com a sua imagem.

Mas, será os gatos se reconhecem no espelho?

A reação dos gatos na frente do espelho

Um felino que se vê no espelho pela primeira vez pode ter como reação o desejo de interagir com a sua própria imagem refletida. 

Isso ocorre porque o nosso amigo pensa que está brincando com um outro gato. 

No entanto, quando o gato percebe que o reflexo não representa outro felino, seu interesse também diminui.

Isso acontecerá apesar do gato na frente do espelho não ter entendido que o reflexo corresponde, na verdade, à sua imagem.

Para gatinhos de 4 a 5 semanas, eles tendem a gostar da imagem refletida para brincar.

Porém, a interação deles tende a diminuir, muito provavelmente porque a imagem refletida responde de forma idêntica ao que ele faz, não permitindo que o filhote receba uma resposta relevante. 

Os gatos recuperam o interesse por sua imagem no espelho por volta dos 4 a 5 meses, às vezes passando vários minutos se observando.

De acordo com especialistas, os felinos logo perdem o interesse na imagem refletida, pois não interpretam o reflexo como outro gato porque a imagem não emite nenhum cheiro. 

Os gatos, como os cães, usam o olfato para reconhecer outro animal ou ser humano, não a visão.

O gato se olhando no espelho se reconhece? O teste

O fato de os gatos enxergarem no escuro é uma habilidade extraordinária dos felinos. Mas eles também serão capazes de se ver e se reconhecer na frente de um espelho? 

Para tirar essa dúvida, vários cientistas fizeram o teste, usado como um teste de inteligência e autoconsciência. 

O etologista Gordon Gallup foi um dos primeiros a usar essa evidência em primatas, com estudos pioneiros na década de 1970.

Este teste consiste em fazer uma cruz no corpo do animal em uma posição que não é visível exceto no espelho. 

Alguns animais como o macaco, o elefante e o golfinho são capazes de reconhecer seu próprio reflexo: assim que encontraram o sinal, eles foram procurá-lo em seu corpo.

Já os cães e gatos não têm essa habilidade.

Esses animais de estimação, quando colocados em frente a um espelho, podem inicialmente ficar intrigados ou amedrontados e, posteriormente, ficar tranquilos.

Na maioria das vezes porque entendem que a imagem no espelho não é uma ameaça real para eles.

Mas nada mais divertido do que colocar um espelho na frente deles, não é mesmo?

Você tem alguma história divertida que isso resultou? Compartilha conosco nos comentários, vamos adorar.

Pode te interessar:

Será que usar coleira antipulga para gatos é uma boa ideia? Veja

As diferenças entre cão e gato, começando pela comida

Cauda do gato: Entenda o que ele quer dizer ao movimentar o rabo