Será que gato pode comer chocolate? Veja ANTES de dar a ele


gato pode comer chocolate

Será que o seu gato pode comer chocolate?

Quem tem um cão certamente já sabe que eles não devem comer chocolate, pois é tóxico para eles.

Mas, no entanto, é menos conhecido o efeito que o chocolate tem sobre os gatos e por que eles não devem comer esse tipo de alimento. 

Embora os gatos tenham menos probabilidade de serem atraídos pelo chocolate do que os cães, eles ainda podem comer o chocolate em barras ou produtos de cacau. 

Por isso, é importante que os donos de gatos saibam como o chocolate ou o cacau podem ser perigosos para a saúde do gato, evitando que isso aconteça.

O gato pode comer chocolate?

Superficialmente, pode parecer irrelevante que os gatos não devam comer chocolate, já que não é um alimento particularmente apetitoso para o seu paladar e, portanto, eles tendem a não procurá-lo. 

Apesar disso, pode acontecer que o gato entre em contato com chocolate ou cacau, principalmente se estes fatores entrarem em ação:

  • Chocolate quente ou cacau feito com leite ou creme: podem ser apetitosos para os gatos que desejam beber leite ou o creme.
  • O chocolate quente é rico em leite, assim como o cacau, seu aroma pode ser apetitoso.
  • Bolo de chocolate recheado com natas ou outras substâncias que os gatos gostem.
  • Alguns gatos são ladrões habilidosos, então podem comer rapidamente algo que caiu no chão, antes mesmo de você perceber o que acabaram de comer.

Qual a quantidade de chocolate é perigoso para os gatos?

Não existe uma quantidade mínima que possa ser considerada saudável ou adequada para os gatos.

Você nunca deve oferecer a seu gato guloseimas de chocolate, um pedacinho ou qualquer outra coisa que contenha até mesmo cacau simples. 

Porém, se o gato conseguir comer algum, em um dos casos listados acima, a diferença nos efeitos que terá no seu organismo é de acordo com a quantidade que ele ingeriu.

O elemento do cacau e do chocolate perigoso para os gatos é a teobromina, o chocolate escuro ou preto e o cacau são os mais ricos desta substância.

O chocolate de leite contém um pouco menos e o chocolate branco muito pouco. 

A teobromina tem um efeito tóxico no fígado dos gatos.

A quantidade de cacau ou chocolate prejudicial ao gato depende, portanto, da quantidade de teobromina presente no produto. 

Isso também depende do tipo e da quantidade de chocolate ou cacau consumido, do tamanho do gato e de sua saúde.

Gatos que já têm problemas de fígado correm um risco maior do que um gato saudável.

Mas mesmo um gato saudável pode ficar doente depois de comer chocolate.

Embora nenhum gato tenha tendência a comer uma barra inteira de chocolate, e os gatos geralmente não sejam atraídos pelo seu sabor.

Pode ser útil consultar estes números básicos sobre a quantidade de teobromina no chocolate e os índices de toxicidade:

Quantidades:

  • A ingestão de menos de 10 mg de teobromina não deve ter nenhum efeito adverso no gato, a menos que ele seja muito pequeno ou tenha um fígado fraco.
  • Mais de 10 mg pode expor o gato ao risco de doenças, portanto, entre em contato com seu veterinário.
  • A ingestão de 40-50 mg ou mais de teobromina pode ser fatal, portanto, deverá ser tratado como uma emergência.
  • Uma pequena barra de chocolate ao leite pesando 25 gramas, pode conter cerca de 50 mg de teobromina, portanto, mesmo neste caso, pode ser potencialmente fatal.
  • A mesma quantidade de chocolate, porém escuro, contém até 200 mg de teobromina.

O que acontece se o gato comer chocolate ou cacau?

Se o gato comer chocolate ou cacau, confundindo-o com outra coisa ou atraído pelo leite e creme da receita.

Você deve primeiro tentar fazer uma estimativa da quantidade ingerida e encontrar a possível embalagem do produto. 

Nesse momento, o veterinário deve ser contatado e deverá receber todas as informações solicitadas, incluindo o tamanho e estado geral do gato, a quantidade de chocolate ingerida e o tempo decorrido desde a ingestão.

Siga as orientações do veterinário, principalmente se ele pedir para levar o gato imediatamente à clínica ou para fazer um acompanhamento cuidadoso em casa. 

Se o gato comer muito chocolate ou cacau, isso é uma emergência e deve-se agir como tal.

E então, gostou de saber mais informações sobre se o gato pode comer chocolate?

Conta para nós nos comentários.

Pode te interessar: