O primeiro dia de um gato em casa, o que você precisa saber


primeiro dia gato apartamento ou casa

Qualquer nova situação na vida dos gatos pode ser muito estressante para eles, especialmente aquelas mudanças relacionadas à sua zona de conforto ou território.

Por isso é conveniente saber o que pode ser feito para que a chegada de um novo gato à casa seja o mais tranquila possível.

O Primeiro dia

Gatos são animais que precisam conhecer e controlar o ambiente em que vivem para se sentirem seguros e poderem desenvolver seu comportamento de forma normal.

Para isso, utilizam um manancial de referências visuais, auditivas e, sobretudo, olfativas que lhes permitem reconhecer o seu território.

Para um novo gato na casa, o espaço será totalmente estranho e desconhecido no primeiro dia.

Ele não conhece os diferentes sons, não conhece seus novos companheiros, os cheiros são novos e seus feromônios não estão em lugar nenhum.

Além disso, ele pode ter se afastado do aconchego de sua mãe, irmãos ou companheiros felinos.

Por isso, ele pode perceber esse novo cenário como uma ameaça, o que o deixará em estado de alerta e ele ficará inseguro e assustado.

Dependendo de fatores como sua personalidade, experiências anterior, grau de socialização ou idade, ele precisará de algum tempo para se adaptar.

Então, algumas das coisas que você pode esperar no primeiro dia do seu novo gato em casa é que ele ficará muito nervoso, se sentirá assustado e ameaçado e usará um bom repertório de miados e rosnado.

Ele também pode miar a noite toda, tentar evitá-lo ou se esconder.

Como facilitar a adaptação do seu gato

Tudo dependerá da personalidade do gato, do meio ambiente ou das pessoas e animais com os quais viverá. Mas, em geral, há coisas que você pode fazer para facilitar a adaptação e tornar o primeiro dia em casa menos assustador.

gato assustado

Antes da chegada do gato

Crie um espaço pequeno e seguro com tudo o que ele precisa.

Escolha um pequeno local onde ele possa se esconder, mas que ainda seja acessível para você. As tijelas para comida e água não devem ficar próximas umas das outras, mas sim juntas, e a caixa de areia deve ficar o mais longe possível.

Remova tudo o que possa ser perigoso (espinhos, cabos, produtos químicos, plantas ornamentais…).

E se possível, adicione áreas confortáveis ​​e quentes (cama, cobertores, travesseiros) e um poste para coçar as unhas.

Instale um difusor de feromônio felino sintético com alguns dias de antecedência para tentar reduzir seu nível de estresse.

Após a chegada do gato

Gato novo em casa! No primeiro dia, ao chegar, deixe a caixa onde ele foi transportado aberta e dê espaço e tempo suficiente para ele sair quando quiser.

Seja paciente e deixe-o explorar seu novo habitat quando quiser e em seu próprio ritmo.

Quando você ver que ele está mais confiante e um pouco mais calmo, você pode começar a interagir com ele. Deixe-o vir até você e cheirá-lo, faça um carinho nele, se ele permitir ou apenas fique lá e deixe-o se acostumar com você.

Oferecer algo para ele comer pode ajudar a ganhar a confiança deles. (Interesseiros, né?)

Durante os primeiros dias do novo gato em casa, é aconselhável manter a mesma comida que ele já experimentou e, se pretende trocá-la, o ideal é fazer isso aos poucos.

Quando perceber que ele está curioso e receptivo, interagindo, andando pela sala e querendo explorar o local, deixe-o (tomando cuidado para que não haja nada de perigoso).

Mas não se esqueça de deixar a porta aberta para que ele possa voltar para o seu porto seguro quando quiser.

Assim que seu gato estiver mais confortável e já tiver explorado a casa, reposicione seus itens nos locais corretos, mostrando a ele onde está a caixa de areia.

Após a adaptação, não se esqueça de levá-lo ao veterinário para fazer um check-up, verificar a vacinação e outros procedimentos.

Se você tem outros animais de estimação, deve considerar alguns fatores importantes relacionados à forma ideal de apresentá-los, se possível evite fazer isso no primeiro dia, deixe para fazer quando ele já se sentir seguro no novo território.

Como você pode ver, o primeiro dia de um gato em casa pode ser estressante, mas depois de uma ou duas semanas ele provavelmente terá se adaptado e se sentirá calmo, confiante e feliz.

No entanto, se você perceber que ele continua nervoso ou estressado e não está progredindo, é aconselhável entrar em contato com um etologista veterinário para que ele avalie seu caso e dê os conselhos necessários.

5/5 - (1 vote)