O cachorro é carnívoro ou onívoro? Veja porque é importante saber isso


cachorro é carnívoro herbívoro ou onívoro

Você já ficou na dúvida se o seu cachorro é carnívoro, herbívoro ou onívoro? 

Assim, na cultura popular, acreditava-se que o cão era exclusivamente carnívoro e que o consumo de vegetais estava relacionado a um distúrbio gástrico e à necessidade de vomitar do cão. 

Estudos sobre anatomia e fisiologia canina nos deram respostas diferentes.

Então o cachorro é onívoro? Vamos descobrir juntos

Mas o que são Onívoros? São animais que têm a capacidade de metabolização de diferentes classes alimentícias, diferentemente dos carnívoros e herbívoros, que devem ter uma alimentação mais restrita.

Cachorro é carnívoro, herbívoro ou onívoro?

Para avaliar a dieta de um animal é necessário avaliar todo o seu sistema digestivo, começando pelo nariz e terminando no intestino.

O olfato do cachorro é cerca de dez mil vezes mais evoluido do que o do homem.

Ele tem quarenta e dois dentes e um esmalte muito mais desenvolvido que o nosso.

Embora o número de papilas gustativas é apenas um quinto do humano.

Isso explica porque os cães apreciam a comida pelo cheiro e não pelo sabor.

Características dos onívoro

O formato da boca do cão, os dentes e a mobilidade da mandíbula indicam que o cão tem uma dieta variada que também inclui alimentos à base de plantas. 

Então, da boca começa o processo de digestão por meio da mastigação.

Como sabemos, os animais mastigam muito pouco os alimentos, o que geralmente leva à redução da salivação.

Ao contrário dos humanos, a saliva do cão não contém amilase.

O estômago do cão é muito grande e tem um pH muito ácido, com um importante efeito antibacteriano, exercido principalmente pelo ácido clorídrico (HCl) que, além deste importante efeito, permite que a pepsina e a lipase gástrica atuem e promovam a digestão.

Depois de passar pelo estômago, o alimento chega ao intestino.

Passando primeiro pelo intestino delgado, onde ocorre a digestão e a absorção da maioria dos nutrientes. 

Depois, do intestino grosso, notamos que o Ceco é mais evoluído do que os outros animais puramente carnívoros.

O que indica, assim, que o cão está mais sujeito a uma dieta onívora. 

No intestino grosso, é o local onde as fibras são digeridas.

Na última etapa, o cólon, a água e os eletrólitos são absorvidos.

Essa característica não é tão desenvolvida quanto em ruminantes (mamíferos herbívoros).

Então, o cachorro é onívoro?

A resposta é sim.

O cão deve ter uma alimentação mais balanceada do que outros animais, como o gato.

Mas lembre-se que ele não é vegetariano e que a carne é parte fundamental da dieta do nosso animal de estimação.

E então, conseguiu entender se o cachorro é carnivoro?

Artigos que podem te interessar