Como lidar com cachorro ciumento e possessivo, aprenda o que fazer


cachorro ciumento e possessivo

Por mais estranho que possa parecer, os cães são capazes de entender as emoções, pois são capazes de senti-las e transformá-las em sentimentos ao longo do tempo.

À primeira vista, pode não parecer um comportamento sério, muitas pessoas acham até divertido, mas pode causar alguns problemas comportamentais no futuro. 

Por isso, é importante que se descubra a origem do ciúme no seu cachorro, bem como os tipos, sintomas e como deve ser tratado para uma convivência harmoniosa. 

Se você acha que tem um cachorro ciumento e possessivo e não sabe o que fazer…

Então, continue lendo.

O que faz um cachorro ciumento e possessivo?

Normalmente as pessoas tendem a humanizar os cães, atribuindo a eles uma personalidade baseada na raça, idade, comportamento, etc. 

Isso porque eles se tornam uma parte importante da família em que vivem e se desenvolvem.

Nesse sentido, o ciúme nos cães pode surgir a qualquer momento, por exemplo, com a chegada de um bebê na família ou de um novo cachorrinho.

O cão não entenderá a nova situação e sentirá que sua “matilha” não está prestando tanta atenção como antes.

Em outras palavras, ele se sentirá ameaçado e desamparado e poderá agir de forma diferente do normal.

Qualquer raça pode sentir ciúme, principalmente as raças pequenas, porque são mais territorialistas, tanto em seu território físico como de quem cuida deles.

O segredo é saber educar o seu cão desde pequeno para evitar que ele se sinta assim quando alguém quer se juntar à família, seja uma criança ou outro companheiro peludo.

Quais são os tipos de ciúmes em cães?

É importante esclarecer os tipos de ciúme que um cão pode sentir. Existem 2 deles:

  • Por dominância sexual, que ocorre em cães machos devido à competição para acasalar com uma fêmea no cio. Esse comportamento aumenta nos cães machos quando a maturidade sexual é atingida.
  • Por falta de atenção ou para dominar o seu território. Este comportamento pode ocorrer tanto em machos como também em fêmeas e pode surgir por vários motivos, por exemplo:   
    • Um novo cão ou gato.
    • Uma criança ou outro indivíduo da família.
    • Visitas frequentes de amigos ou outros membros da família. 

Quais os sintomas de um cachorro ciumento e possessivo 

Existem poucos estudos clínicos ou psicológicos que afirmam ou comprovam esse comportamento, embora existam algumas atitudes comuns que são específicas ao ciúme em cães.

Para citar alguns cenários, um cachorro ciumento vai:

  • Latir quando estiver perto de um novo membro da família ou animal de estimação.
  • Tentar chamar sua atenção quando ele se sentir esquecido ou deixado para trás.
  • Querer estar sempre ao seu lado, ele não quer se separar de você em momento algum.
  • Ações antissociais em relação ao novo membro, como rosnar ou mostrar os dentes.
  • Se o novo membro não estiver próximo ao seu território, ele se comporta normalmente.
  • Demonstra todo interesse quando o novo cachorro ou membro da família estiver por perto.
  • Outra atitude comum é se esconder, em sinal de fraqueza diante da nova situação que não consegue controlar. 

Como lidar com um cachorro ciumento?

A importância do treinamento, socialização e das boas práticas são essenciais para que seu cão não tenha atitudes de ciúme durante o crescimento e desenvolvimento.

Se você perceber que alguns dos cenários apresentados acima podem deixar seu cachorro com ciúme, siga estas dicas:

  • Não trate seu cão como se fosse seu bebê, pois ele pode desenvolver atitudes de medo e insegurança ao longo do tempo, é importante que ele seja independente.
  • Ensine ao seu cão algumas regras básicas de comportamento. Se necessário, defina limites.
  • Recompense seus comportamentos positivos com incentivos, por exemplo, com seus lanches ou brinquedos favoritos.
  • Certifique-se de que ele se socialize com outros cães e outras pessoas para que sua convivência e crescimento emocional sejam ideais.

Agora, como você pode controlar um cachorro ciumento quando um novo membro da família chega?

Tente seguir estas dicas:

  • Apresente o novo membro da família ao cachorro ciumento de maneira amigável e positiva, para que ele se acostume aos poucos com seu cheiro e o aceite.
  • Dê espaço e oportunidade para eles brincarem e conviver, embora seja importante não deixá-los sozinhos.
  • Se for um cachorrinho novo, dê uma tigela, uma casinha e brinquedos exclusivos dele, pois o cão ciumento quer ter seu próprio espaço e objetos para não se sentir invadido.
  • Mostre mais sinais de afeto ao cachorro ciumento conforme ele se acostuma com o novo membro da família.
  • Importante! Dê a mesma atenção a todos, para manter o equilíbrio e evitar futuros problemas de ciúme com o novo filhote.

Cada pessoa é diferente, e é assim que definimos os cães, eles têm capacidade emocional diante de situações que podem fazê-los se sentir felizes, tristes, estressados​​…

Desta forma, o ciúme em cães deve ser detectado a tempo de evitar problemas no ambiente familiar ou social, e até mesmo em relação ao próprio cão. 

Assim que perceber o comportamento, tome medidas em relação ao seu amigo peludo para prevenir ou evitar essa situação, o que, na maioria dos casos, atrapalha a convivência saudável.

Estabeleça regras rígidas (nunca use violência) de conduta quando for necessário.

O seu cão tem que entender quem está no “comando da matilha”.

Desta forma, você pode manter a saúde emocional do seu cão em equilíbrio e, em geral, garantir o seu bem-estar.

E então, conseguiu identificar se tem um amigo ciumento?

Conta para nós nos comentários.

Pode te interessar:

Já ficou curioso para saber o que os cachorros pensam? Então Descubra

Seu cachorro entende que você está bêbado? Descubra

7 pistas para saber se o seu cachorro está zangado com você

5/5 - (1 vote)