Criança e cachorro: 8 Coisas que elas NUNCA devem fazer com seu cão


criança e cachorro

Criança e cachorro, uma combinação perfeita, não é mesmo?

Crescer com um cachorro é uma experiência única e inesquecível. 

Além disso, um cachorro pode ensinar muitas coisas a uma criança e, juntos, eles podem crescer e se divertir juntos. 

O pré-requisito natural, entretanto, deve ser uma longa série de regras que os pais devem dar aos filhos para que possam aproveitar melhor essa experiência.

Muitas vezes, crianças e cães podem brincar livremente sem a supervisão de um adulto. 

Mas não é aconselhável, já que as crianças veem os animais mais como um brinquedo e podem fazer coisas que irritam ou machucam o animal, o que pode resultar em um susto ou até mesmo uma mordida.

Por isso, para te ajudar, fizemos uma lista das 8 coisas que uma criança NUNCA deve fazer com o seu cachorro.

Porém é sempre importante você observar o que o seu cão gosta e não gosta que faça com ele para orientar o seu filho.

8 dicas para uma boa convivência entre criança e cachorro

1 – Correr e gritar

Os cães têm uma audição muito desenvolvida, e alguns deles o instinto predatório ainda faz parte da sua natureza. 

Uma criança que corre, grita e se contorce se parece muito com uma presa para o cachorro. 

Independentemente de quão bem-comportados sejam, vários cães podem morder ou perseguir uma criança que corre gritando.

2 – Puxar as orelhas, cauda ou pêlo

Não gostaríamos que alguém ficasse puxando nossas orelhas ou nosso cabelo, por que nossos cães deveriam gostar? 

Uma criança que “tortura” um cachorro dessa maneira tem alta probabilidade de ser mordida. 

Mesmo que o cão esteja apenas tentando se defender, uma mordida pode causar tanto traumas físicos como também psicológicos na criança.

3 – Surpreendê-lo por trás

Aproximar-se de um cachorro por trás pode ser muito irritante para ele. 

O cão pode se sentir ameaçado ao ser surpreendido pela criança, podendo ter uma reação instintiva e desproporcional.

Ensine seus filhos a se aproximarem de um cachorro pelo lado e com calma.

4 – Roubar comida ou brinquedos

Embora algumas raças não tenham esse problema, a maioria pode agir instintivamente para defender o recurso alimentar com os dentes. 

Não importa se ele nunca tenha feito isso antes. Na dúvida, ensine seus filhos a nunca perturbar um cachorro enquanto ele está comendo.

criança com cachorro na coleira

5 – Pegar e carregar o cachorro

Muitas vezes, as crianças consideram os cães como ursinhos de pelúcia que podem ser carregados, espremidos e torturados com carinhos como bem entendem.

Além do fato de que alguns cães pequenos, como Yorkshire por exemplo, podem morder e machucar tanto quanto um cão de 30 kg, esse comportamento também é perigoso para a segurança do cão. 

Um filhote que cai de uma altura média pode facilmente quebrar uma pata ou se machucar na queda.

6 – Não aproximar-se de um cão desconhecido sem a permissão do dono

Embora a maioria dos cães seja dóceis, é importante explicar aos seus filhos que não podem acariciar todos os cães só porque eles são fofos. 

Ensine-o a pedir permissão ao dono do cachorro, mesmo que seja para se aproximar, e você evitará consequências desagradáveis. 

O dono conhece o seu cão melhor do que nós e sabe como ele irá se comportar.

7 – Não ficar puxando o cão na coleira

Quando uma criança pega o cachorro na coleira, normalmente ela não resiste à tentação de puxá-lo para todo lado. 

Isso pode acabar machucando ou sendo uma tortura para o animal, que pode se estressar ou agir de forma agressiva como defesa.

8 – Não acordar o cachorro

Isso mesmo!

Não acorde o cachorro que estiver dormindo. 

Ninguém gostaria de ser acordado por uma criança (muitas vezes desconhecida) gritando e com atitudes intimidadoras para o cachorro. 

Por que nossos cães deveriam gostar? 

Além da necessidade natural de sono que todos os cães têm, a “maneira” como são acordados também pode deixá-los nervosos. 

Aproveite e explique o conceito de “RESPEITO” ao próximo a seus filhos usando o cachorro como exemplo.

Mas compartilha conosco, você já teve alguma experiência que poderia ser acrescentada à lista? Poste nos comentários.

Pode te interessar:

5 dicas para escolher o nome para cachorro perfeito

Veja como cuidar de filhote de cachorro do jeito certo

5/5 - (1 vote)