Gato Miando Muito e Estranho? Saiba o que Está Acontecendo


gato miando muito

Gato miando muito? Os gatos usam o miado para se comunicarem entre si e com os seus donos.

Com outros gatos eles usam bufos, rosnados, uivos… mas eles usam quase exclusivamente o miado para se comunicar conosco, humanos.

Na verdade, muitas vezes você sabe que seu gato está tentando lhe dizer algo porque, enquanto mia, ele o olha diretamente nos olhos. 

Neste artigo, veremos por que os gatos miam, as causas fisiológicas e as doenças que podem fazer seu gato miar mais que o normal, para que você possa entender o porquê do seu gato estar miando muito.

Por que o gato mia? 

O gato vai miar porque normalmente está tentando lhe dizer algo. 

  • Acredita-se que a origem do miado esteja nas vocalizações dos gatinhos para chamar a atenção da mãe, que evoluíram para chamar a nossa atenção, pois isso pode aumentar suas chances de sobrevivência.
  • Em alguns estudos, descobriu-se que gatos selvagens ou gatos de colônia, com pouco contato com as pessoas, miam muito menos do que os gatos que vivem diretamente com humanos.

    Além disso, quando o fazem, seus miados são mais graves e agudos, junto com outros tipos de vocalizações, como bufos e rosnados, mais relacionados à agressão, medo ou estresse. 

Muitas vezes os gatos, crescendo conosco, aprendem que miando eles conseguem o que querem.

Neste caso, os miados são geralmente curtos e agudos, mais agradáveis ​​ao ouvido humano.

Além disso, o seu gato demonstra carinho, segue-o, esfrega-se em você, convida-o para brincar… porque ele tem algumas destas necessidades:

  • Fome
  • Sede
  • Ele quer brincar
  • Quer carícias
  • Se sente sozinho
  • Está no cio
  • Quer sair de casa
  • Está entre outros gatos muito “falantes”, como os gatos siameses

 Gato miando estranho

Por outro lado, se você notar uma mudança no miado do seu gato, associada a outros sintomas, pode ser um aviso de doença.

Nesse caso, os miados costumam ser mais altos, roucos e desesperados, mesmo misturados a outras vocalizações, como rosnados ou uivos. 

Se você notar esse tipo de miado acompanhado de algum dos sintomas a seguir, recomendamos que você vá ao veterinário para fazer exames no seu felino. 

Estresse

Os gatos são muito sensíveis às mudanças.

Você pode notar seu gato miando mais que o normal após uma mudança, a chegada de um novo membro da família, uma perda ou até mesmo uma troca de móveis.

Às vezes não damos a eles a importância necessária quando fazemos uma mudança em nossa casa, mas esta pode ser a resposta de porque seu gato está sempre miando.

Gatos idosos 

Conforme os gatos envelhecem, eles sofrem processos degenerativos, assim como nós.

A mais comum é a osteoartrite, que pode passar despercebida na maioria dos casos.

Mas isso não significa que não sentem dor, pelo contrário, eles apenas tentam esconder suas fraquezas.

  • Você notará que seu gato não salta mais tanto quanto antes, se move mais devagar ou não sobe mais em lugares altos.
  • Seu veterinário irá prescrever um tratamento para eliminar a dor e melhorar a qualidade de vida do seu gato.

Disfunção cognitiva

É uma doença semelhante à demência senil em humanos.

  • O gato começa a ficar desorientado e não reconhece seu território, além disso, os ciclos sono-vigília são alterados.
  • Ele fica assustado e desconfiado, mesmo com sua família.
  • Ele pode fazer suas necessidades fora da caixa de areia.
  • O miado pode aumentar durante a noite.

Hipertireoidismo

É uma das doenças hormonais mais comuns em gatos com mais de oito anos de idade.

  • A glândula tireóide, localizada na garganta, produz mais hormônio tireoidiano do que o necessário e acelera o metabolismo do gato.
  • Observa-se que, apesar da idade, os gatos que sofrem com essa doença são muito ativos, nervosos, comem muito, mas não engordam e miam muito.
  • O pêlo fica com uma aparência feia.

Insuficiência renal crônica

É uma doença comum em gatos, em que seus rins perdem a capacidade de filtrar as toxinas produzidas pelo metabolismo.

  • Ocorre um ” envenenamento “, devido a produtos tóxicos que se acumulam no sangue.
  • Os gatos afetados bebem mais água para produzir mais urina e eliminar essas toxinas. Ao mesmo tempo, comem menos, devido às náuseas e ao desconforto que sentem, resultando na perda de peso.
  • O miado é devido ao desconforto geral que o gato sente.

Como vimos, existem muitas causas para o seu gato estar miando muito, é preciso observar outros detalhes para ter mais pistas e entender o que está acontecendo com ele. 

Essas informações te ajudaram? Conta para nós nos comentários

Pode te interessar:

O primeiro dia de um gato em casa, o que você precisa saber

5/5 - (1 vote)