Conheça o gato Siberiano, indicado para quem tem alergia a gato


gato Siberiano

O gato Siberiano é uma raça ancestral originária do frio da Sibéria. 

Muito difundido na União Soviética, esta raça ganhou fãs pelo mundo todo graças a sua beleza e por produzir muito pouca proteína Fel D1, que é a principal causa de alergias a gatos.

Este felino é o resultado de uma seleção que ocorreu por volta do ano 1.000.

Entre o gato selvagem da floresta e o gato doméstico, trazido para a Sibéria pelos colonizadores que se mudaram da Rússia para as geladas terras siberianas. 

E devido às condições climáticas extremas do local, o gato Siberiano se desenvolveu para ter uma pelagem bem espessa, para que pudesse resistir às intempéries e que fosse a prova d’água para proteger a pele, e pudesse resistir às baixas temperaturas.

O gato siberiano é uma raça hipoalergênica

Uma peculiaridade desta raça consiste na sua total ou quase incapacidade de produzir a proteína Fel D1. 

Essa proteína, produzida pelas glândulas sebáceas, está presente em concentrações muito elevadas na saliva dos gatos, e é a principal causa de reações alérgicas em humanos. 

Muitas pessoas acham que é o pelo do gato que causa a alergia.

Mas na maioria das vezes o que desencadeia as reações alérgicas é essa proteína que o gato deposita em sua pelagem durante as habituais operações de limpeza diária.

A produção reduzida (e em alguns casos zero) de Fel D1 por essa raça o torna uma raça hipoalergênica.

Pesquisadores russos e alemães acham que o gato Siberiano foi um dos primeiros gatos de pelo comprido e que é o progenitor de outras raças felinas.

Como o Norueguês da Floresta que se assemelha muito ao Siberiano e que, como ele, tem a particularidade de ser hipoalergênica.

Algumas informações sobre gatos siberianos

Aqui estão algumas informações úteis e curiosidades sobre as características físicas desta raça:

  • Por terem uma personalidade afetuosa e leal, os gatos Siberianos são perfeitos para os amantes de animais de estimação, especialmente cães.
  • O Siberiano é um gato doméstico muito grande: pode pesar pelo menos 8 kg (às vezes até mais).
  • Os gatos Siberianos têm pelo comprido. Sua pelagem é dividida em três camadas e é à prova d’água.
    Um recurso muito útil quando se vive nas florestas geladas da Rússia.
  • Embora sejam felinos bem grandes, esses gatos não são desajeitados. Na verdade, eles são ágeis e bons em saltos.
    Seus membros posteriores são um pouco mais longos do que os anteriores, o que lhes permite pular muito alto.
  • Em comparação com outras raças de gatos domésticos, os gatos Siberianos são caçadores muito mais eficientes.
  • Os gatos Siberianos são muito inteligentes, por isso é muito mais fácil treiná-los e ensiná-los alguns truques.
  • Ao contrário da maioria dos gatos, os Siberianos gostam muito de água.
  • Os gatos Siberianos são românticos; quando encontram um companheiro ou companheira, estabelecem com eles um vínculo muito forte, que costuma durar toda a vida.

Cuidados e atenção com o gato Siberiano

Não vamos esquecer que, como todos os animais de estimação, os gatos Siberianos também precisam de cuidados e atenção. 

Para lhes garantir uma vida tranquila, obviamente é necessário um pouco de esforço, mas eles vão retribuir com muito carinho, lealdade e diversão.

Aqui estão algumas dicas para cuidar deles da melhor maneira possível.

Estimulação mental

Os gatos siberianos são muito inteligentes e astutos, por isso é importante estimular e aproveitar suas energias mentais por meio de jogos e outras atividades.

Você pode até ensinar alguns truques a esses felinos e treiná-los para repeti-las quase como faz com os cães.

Os gatos Siberianos podem aprender a sentar, dar patadas, deitar…

A necessidade de um companheiro para brincar.

Os gatos Siberianos são animais sociáveis ​​e extrovertidos, por isso podem sofrer de solidão se ficarem sozinhos por longos períodos.

Se você não fica em casa com frequência, a trabalho ou por outros motivos, você tem duas opções:
1) escolher uma raça de gato mais independente, ou
2) adotar outro animal além do gato Siberiano.

Não precisa ser o mesmo tipo de gato, nem necessariamente um gato. Porque eles se dão bem com cães, por exemplo.

É melhor manter o gato dentro ou fora de casa?

Ambas as situações têm vantagens e desvantagens.

Se você mora em áreas tranquilas, pode querer deixá-lo a vontade, pois não deve ser muito perigoso.

Além disso, ele estaria livre para caçar e manter a forma.

Por outro lado, se você mora na cidade, é melhor manter o gato Siberiano dentro de casa, para evitar que ele sofra acidentes de trânsito ou seja roubado, dado seu alto valor.

Obviamente, se você decidir manter seu gato dentro de casa, certifique-se de que ele tenha espaço para se mover e brincar.

Os gatos Siberianos não gostam de calor.

Como você pode imaginar ao observar sua pelagem espessa, em local com clima quente ele pode sofrer um pouco.

Eles não suportam climas quentes muito bem e não devem ser expostos a temperaturas acima de 33 ° C.

Se você mora em uma área temperada com verões quentes, você deve manter seu gato Siberiano dentro de casa a maior parte do tempo, talvez em quartos com ar-condicionado.

Escove o pelo

Olhando para a incrível quantidade de pelo que ele tem, você pode pensar que escovar um gato Siberiano é uma tarefa extremamente desafiadora. 

Na realidade, é bem tranquilo. 

Na maior parte do ano, escovar o pelo dele uma ou duas vezes por semana já é suficiente. 

Somente nos períodos em que os pelos mudam (uma vez na primavera e outra no outono) é necessário escová-los todos os dias. 

A chave do sucesso é a regularidade: desta forma, nós ou emaranhados não se formarão no pelo do gato.

Porém isso não devem ser ignorado, porque pode causar irritação, inchaço e perda parcial dos cabelos. 

Escovar o gato também tem outros efeitos positivos: estimula a circulação sanguínea, ajuda a remover as células mortas e melhora a saúde geral da pele. 

Se encontrar um nó, não faça movimentos bruscos e não puxe o pelo com a escova. 

Tente desfazer suavemente, talvez com a ajuda dos dedos.

E então, o que achou do gato Siberiano?

Conta para nós nos comentário, vamos adorar saber sua opinião.

Raças de gato e artigos que podem te interessar:

4.5/5 - (2 votes)